Jurados

Juízes de todo o mundo podem participar das semifinais e finais da TIC Americas avaliando as equipes.

Os juízes serão profissionais experientes, bilíngues ou multilíngues (inglês / espanhol / português / francês), com ampla qualificação para realizar o julgamento de planos de negócios / projetos e outros materiais apresentados pelo Teams do TIC Americas.

Os juízes nas fases semifinais e finais avaliarão e pontuarão os projetos de acordo com os critérios e modelos de julgamento nestas Regras e Termos de Referência.

Os juízes fornecerão feedback das semifinais e finais para auxiliar as equipes participantes na identificação de áreas para melhoria.

Os juízes concordam em pontuar as equipes de forma completa e imparcial com base na qualidade técnica e na apresentação do plano de negócios / projeto e no desempenho da equipe durante a competição e sem levar em conta a nacionalidade, idade, educação ou outros fatores discriminatórios.

Todos os juízes concordam com os termos de confidencialidade antes de julgar os planos de negócios / projeto e concordam em cumprir as Regras e Termos de Referência da TIC Américas estabelecidos e publicados pela YABT e PepsiCo.

Em nenhuma circunstância os mentores das equipes participantes  podem ser juízes. Mentores e juízes não podem representar a mesma instituição ou organização.

YABT e PepsiCo nomearão um Comitê de Avaliação Virtual para coordenar o trabalho dos juízes e o processo de revisão durante as Semifinais e Finais.

Os juízes participarão de forma voluntária e não serão pagos pela equipe, pelo YABT e PepsiCo ou outros patrocinadores.

Os juízes avaliam os materiais da competição, pontuam as equipes e selecionam os vencedores da InovAção. Indivíduos interessados em participar como juízes na InovAção podem se inscrever por meio do site da TIC Americas, www.ticamericas.net/reg/Juez.php. Os juízes são selecionados com base nos seguintes critérios:

 

1. Experiência profissional em setores como desenvolvimento de microempresas e / ou negócios, organização de base, academia, câmaras de comércio e outras áreas técnicas;

2. Bilíngue ou multilíngue em inglês, espanhol, português e / ou francês;

3. Desempenho anterior como juiz em uma competição TIC Américas, quando aplicável.

 

A lista de juízes deve refletir o equilíbrio de gênero e ser amplamente representativa dos grupos minoritários. Os seguintes indivíduos não são elegíveis para participar como Juízes:

â—‹ Mentores da InovAção;

â—‹ Equipe da YABT;

â—‹ Funcionários da YABT e membros de sua diretoria;

â—‹ Funcionários da IAF, contratados e membros de sua Diretoria e Conselho Consultivo;

â—‹ Pessoal da Secretária-geral da Organização dos Estados Americanos; e

â—‹ Família imediata ou membros da família de qualquer pessoa mencionada acima.

 

Os juízes devem assinar um acordo de confidencialidade, divulgar todos os conflitos de interesse em potencial e concordar em cumprir as Regras, Termos e Condições da InovAção para participar. Os juízes concordarão em pontuar as equipes de forma completa e imparcial com base na qualidade técnica e apresentação dos Materiais da Competição e no desempenho da equipe durante a InovAção e sem levar em consideração gênero, nacionalidade, idade, educação, raça, orientação sexual ou outros fatores discriminatórios. Os juízes participam voluntariamente e não serão pagos pela equipe, pela YABT, IAF, patrocinadores, InovAção ou outros parceiros. 

 

A YABT oferecerá treinamento e supervisão aos Juízes para garantir a aplicação consistente e apropriada dos Critérios de Avaliação (ver F. Critérios de Avaliação) e o processo de seleção.

Les juges évaluent le matériel de compétition, qualifient les équipes et sélectionnent les gagnants du défi InnovAction. Les personnes intéressées à participer comme juges au défi InnovAction peuvent présenter une demande sur le site Web du TIC Americas www.ticamericas.net/reg/Juez.php.  Les juges sont choisis en fonction des critères suivants:

 

  1. Expérience professionnelle dans les secteurs reliés au défi tels que  développement de microentreprises et/ou des affaires, d’organisations de base, du milieu universitaire, des chambres de commerce et d’autres domaines techniques;
  2. Être bilingue ou multilingue en anglais, espagnol, portugais et/ou français;
  3. Expérience préalable comme juge d’un concours TIC Americas, lorsque applicable.

 

Le répertoire des juges devra refléter la parité entre les sexes et être représentatif des groupes minoritaires. Les personnes suivantes ne sont pas admissibles à participer à titre de juges:

 

â—‹      les juges du défi InnovAction;

â—‹      le personnel du YABT et les membres des chapitres nationaux;

â—‹      les dirigeants du YABT et les membres de son conseil d’administration;

â—‹      le personnel, les employés contractuels et les membres du conseil d’administration et du conseil consultatif de l’IAF;

â—‹      le personnel du Secrétariat général de l’Organisation des États Américains; et

â—‹      les membres de la famille ou du ménage des personnes mentionnées ci-dessus.  

 

Pour participer, les juges signeront une entente de confidentialité, devront déclarer tout conflit d’intérêts potentiel et s’engageront à respecter les règles, modalités et conditions du défi InnovAction. Les juges s’engagent à évaluer les équipes de manière complète et impartiale, en fonction de la qualité technique et de la présentation du matériel de compétition et de la performance de l’équipe pendant le défi InnovAction. L’évaluation des équipes se fera sans égard du sexe, nationalité, âge, éducation, race, orientation sexuelle ou à d’autres facteurs discriminatoires. Les juges participent de façon volontaire et ne seront pas rémunérés par l’équipe, le YABT, l’IAF, les commanditaires, le défi InnovAction ou d’autres  partenaires.

 

Le YABT assurera la formation et la supervision des juges afin de garantir que l’application des critères d’évaluation (voir F. Critères d’évaluation) se fera de façon uniforme et appropriée.